Marraquexe designada Capital Africana da Cultura 2020

Cultura Prémios
23 Novembro 2018

Marrakech acaba de ser designada Capital Africana da Cultura 2020, uma vitrina da actual África urbana, destacando a diversidade das expressões culturais africanas, anunciou esta sexta-feira em Marrakech, o Presidente da Câmara da cidade ocre, Mohamed Larbi Belcaid.

Em 2020, Marrakech , esta cidade do milénio duplamente inscrita na herança universal, primeiro através da sua medina desde 1985 mas também a Praça Jamaa Lafna como herança intangível em 2001, ostentará as cores da cultura africana, disse ele.

Um destino turístico mundialmente famoso, Marraquexe tem um importante hotel, turismo, eventos, infra-estruturas desportivas e culturais muito denso, tal como evidenciado pelo tecido de museus, centros de arte tradicional e contemporânea, disse ele.

O solo humano, a preocupação pelo multiculturalismo e a riqueza do seu património permitem a Marraquexe lançar uma edição piloto das capitais africanas da cultura, afirmou, apelando à criação de um comité organizador de Marraquexe 2020 e também à instalação de um comité organizador de capitais afri em Marraquexe.

As Capitais Africanas da Cultura, que serão lançadas pela primeira vez, vêem-se a si próprias como um grande evento, ancoradas e pilotadas em África e irradiando a nível internacional. É uma iniciativa que reúne e promove a perícia, o know-how e as competências no continente e na diáspora que fazem a África de hoje e pensam o mundo de amanhã.

notre meilleur deal du moment

10% de remise sur votre billet d'avion
Instagram